Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogas?

Colégio Académico

Blogas?

Colégio Académico

Um Concerto na Gulbenkian

Na sexta-feira, dia 22 de Janeiro, fomos assistir a um Concerto na Gulbenkian.

 

 

 

Esta semana escrevemos, em colectivo, um texto a relatar o acontecimento.

Além de elaborarmos um plano de escrita, fizemos o levantamento daquilo que cada um tinha aprendido e mais gostado.

 

 

Aqui fica o texto escrito pela turma bem como algumas das nossas ilustrações.

 

 

Um concerto na Gulbenkian

 

 

      Na sexta-feira, dia 22 de Janeiro, às 10h30m, fomos à Fundação Calouste Gulbenkian com as outras turmas do 1.º ciclo e fomos a pé.

      Assistimos a um Concerto para Orquestra com músicas de Mozart que se chamava "O menino prodígio e o velho mestre".

      Nós aprendemos várias coisas, por exemplo: existe um tipo de música que se chama "clássica" e que já existe há muito tempo, há vários instrumentos de cordas e de muitos tamanhos como o violino, a violeta, o violoncelo e o contrabaixo.

Também ficámos a saber que Mozart foi um compositor famoso e que, com 3 anos, já sabia tocar dois instrumentos.

      O que mais gostámos foi de ouvir músicas de Mozart que ainda não conhecíamos e de imaginar histórias enquanto as ouviamos.

 

Turma do 2.º ano

 

 

 

 

 

 

 

 

Ler, contar e mostrar - texto da Inês

No Ler, Contar e Mostrar a Inês leu um texto da sua autoria e mostrou uma fotografia relacionada com aquilo que escreveu.

A turma gostou muito e a professora propôs colocá-lo no blog do Colégio.

 

Aqui está ele:

 

A Inês e o Quaquaque

 

     No dia em que fui ao Oceanário entrei na loja e procurei algo para a minha mãe me comprar.

     Vi muitas coisas bonitas, entre elas estava uma caixa de peluches.

     Reparei num pequeno pinguim que sorria para mim.

     Eu gostei logo dele e o nome dele é Quaquaque.

     É o meu peluche favorito!

 

 

                                                        Inês (2ºano)

                                    

Escrita Criativa - Convite da bruxa Cornélia

Na Hora do Conto, a professora leu o livro "Desportos Radicais para Bruxas" de Nicha Alvim.

 

 

De seguida, tivemos uma proposta de Escrita Criativa: ajudar a Bruxa Cornélia a fazer um convite para o Congresso Anual das Bruxas!

 

 

Primeiro escrevemos o texto numa folha de rascunho. O convite devia indicar o local, as horas, o traje recomendado e o programa do Congresso que tinha de incluir um concurso de feitiços!

 

 

Depois de revermos o texto com a professora, copiámos o convite para uma folha mais bonita, colámo-lo numa folha de cartolina colorida ilustrámos ao nosso gosto, ou melhor, ao gosto das bruxas!!

 

 

Por fim, cada um mostrou o seu trabalho à turma: lemos o convite apresentámos a ilustração.

 

 

Expusemos os nossos convites na parede do nosso Colégio e votámos no convite mais apelativo para colocá-lo no blog.

 

O convite da Joana P. foi o mais votado!!

 

 

 

 

Culinária - Bolo de Iogurte

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com a actividade "culinária" trabalhámos de uma forma agradável, as iniciações à leitura (receita), à matemática (medição de quantidades) e à escrita (receita elaborada pela criança), não descurando a linguagem oral versus escrita.

No final saboreámos o delicioso bolo de Iogurte!!!

 

 

As diferentes partes do corpo

Em Estudo do Meio estivemos a aprender em que partes se divide o nosso corpo e como é que se chamam.

 

Para ver se já sabíamos bem utilizámos revistas para cortarmos diferentes partes do corpo de diferentes pessoas e construímos uma nova pessoa. Ficaram estranhas, é verdade, mas divertimo-nos a fazer!

 

Primeiro escolhemos e recortámos as partes do corpo que queriamos de cada pessoa.

 

 

E começámos a montar as figuras em cima da mesa.

 

 No final, depois de termos colado a nossa invenção numa folha, legendámos cada uma das partes do corpo. Aqui fica o resultado do nosso trabalho.

 

 

Figuras natalícias com figuras geométricas

 

 

Antes do final do 1º período utilizámos as figuras geométricas do Tangram e dos Blocos Lógicos para fazermos figuras natalícias que, depois, serviram para enfeitar a Sala dos Azulejos.

 

Primeiro observámos o modelo e tentámos reproduzi-lo.

 

 

 

Depois contornámos as peças. Primeiro com lápis de carvão e em seguida, com a ajuda de uma régua, passámos a caneta preta.

 

 

Seguidamente, pintámos e enfeitámos as nossas figuras natalícias.

 

 

 

Hora do Conto em família (III)

 

No dia 2 de Dezembro o momento da Hora do Conto foi dinamizado pela Alexandra e pela mãe que nos vieram contar uma história sobre o nascimento do menino Jesus!

 

A história foi sendo contada pelo pai da Alexandra através de um gravador, enquanto a Alexandra e a mãe utilizavam as figuras de um presépio para representar o que estava a ser contado. Foi muito divertido!

 

 

 

 

Também gostámos muito dos dois cartazes que serviram de cenário à história - o dia e a noite.

 

 

 

No final da história, a Alexandra e a mãe ofereceram-nos a surpresa que tinham preparado - um postal de Natal escrito em braille e também com a letra da Alexandra.

 

 

 

A mãe da Alexandra depois de nos explicar o que é o braille, mostrou-nos como consegue ler! Gostámos muito!

 

 

 

 

 

No final a Alexandra propôs que cada um de nós fizesse um desenho a ilustrar a história que nos tinha contado. Aqui ficam dois exemplos:

 

    

 

Gostámos muito deste momento!

 

 

Obrigada Alexandra e mãe!

Propriedades dos materiais - Resistência

Esta semana continuámos a estudar as propriedades dos materiais através de uma actividade experimental.

 

Questão-problema: Conseguimos partir facilmente todos os materiais?

 

 

 

 

Para respondermos à nossa questão experimentámos partir alguns materiais!

 

Material (da esquerda para a direita): chave, borracha escolar, lápis de cera, giz, plasticina, vela de aniversário, tesoura e lápis de carvão.

 

 

 

 

 

 

 

Depois de falarmos sobre o que observámos, registámos a resposta à questão-problema e algumas conclusões.

 

 

Conseguimos partir facilmente o giz, o lápis de cera e a vela de aniversário, por isso, são materiais frágeis.

Não conseguimos partir com facilidade a plasticina, a borracha escolar, a tesoura, o lápis de carvão e a chave, por isso, são materiais resistentes.

 

A hora do conto

 

 

 

 

 

 

A partir do livro que a Leonor levou "Elmer e o grande dia" e do livro que a Inês Duarte levou "Soldadinho de Chumbo" fizemos respectivamente os amigos do Elmer e a dobragem do barquinho. Foi muito divertido!!!

 

 

Hora do Conto - O velho, o rapaz e o burro

Na Hora do Conto a professora leu a fábula

 " O velho, o rapaz e o burro".

 

 

Depois de fazermos o reconto oral da história a partir das imagens do livro, ordenámos os acontecimentos mais importantes da fábula.

 

 

 A seguir copiámos o texto ordenado no nosso caderno diário e ficámos com o resumo da história.

 

 

Por fim, fizémos a ilustração do resumo da fábula em forma de banda-desenhada.

 

 

 

Todas as fábulas têm uma lição de moral e podemos aprender muito com elas. Desta vez aprendemos que, por mais que queiramos, não conseguimos agradar a toda a gente, por isso, devemos optar por fazer aquilo que achamos melhor.

Pág. 1/2